A Associação dos Falcêmicos do Tocantins (Afeto) está realizando no hall da Assembleia Legislativa uma exposição de artesanato para comercialização em prol da construção da Casa de Apoio para os portadores de anemia falciforme. São artigos de decoração para casa, tapetes e peças de artesanato.

A representante da Afeto, Suely da Silva, ressaltou a importância da casa de apoio para os pacientes e familiares que precisam fazer o tratamento em Palmas. “A associação já tem o terreno e realiza diversas ações e exposições como essa a fim de angariar fundos para essa finalidade”, explicou.

A Afeto atua na orientação de pacientes com relação aos seus direitos e no encaminhamento a serviços hospitalares e assistenciais. Por meio de convênio com a Secretaria Estadual de Saúde encaminha os portadores de falciforme para o Ambulatório da Hemorrede do Hospital Geral de Palmas (HGP), onde recebem assistência especializada. A entidade também desenvolve um projeto nas escolas com palestras sobre a doença e sobre o tratamento.

Anemia falciforme

A anemia falciforme é uma doença genética e hereditária que causa deformidade nas células vermelhas que obstruem os vasos capilares e restringe o fluxo de sangue para os órgãos. O gene da anemia falciforme faz o corpo fabricar hemoglobina anormal.

Alguns sintomas da doença são dores fortes nos ossos, provocadas pelo bloqueio do fluxo de sangue, dor nas articulações, palidez e icterícia, atraso no crescimento e fadiga nas pernas. (Maisa Medeiros)