Cinco dias antes do segundo turno das eleições suplementares, o deputado Elenil da Penha (MDB) conclamou da tribuna os eleitores, durante sessão desta terça-feira, dia 19, a evitarem o voto branco ou nulo e exercerem o direito de escolha em um dos candidatos.

No primeiro turno, a eleição suplementar apresentou número recorde de abstenções, quando 306.877 eleitores, ou 30,14%, não compareceram, e outros 136.537, ou 19,19%, compareceram, mas para registrar voto branco ou nulo, conforme apuração do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

“Esta história de que a eleição será anulada, caso a maioria vote em branco ou nulo, é conversa fiada”, alertou o deputado, em referência a um boato que reaparece a cada período eleitoral. “A você que vota nulo ou em branco, e que está descontente, eu peço que pense em seu filho e neto, pense nas próximas gerações”, pediu o parlamentar.

Para Elenil, não há como falar em política pública se a população abrir mão do direito de escolher seus representantes. “Se você entende que não há perspectiva, avalie um candidato. Escolha aquele que você julgar como o melhor para o Tocantins. A participação da sociedade é fundamental”, concluiu, dirigindo-se aos eleitores. (Glauber Barros)