Na ordem do dia desta quarta-feira, 8, os deputados aprovaram em regime de urgência três novas audiências públicas. Em uma delas, o parlamentar Wanderlei Barbosa (SD) propõe o debate sobre a crise do PlanSaúde. Serão convidados secretários estaduais de Saúde, Fazenda, Planejamento e Administração, além de representantes dos sindicatos interessados.

Outra audiência autorizada em regime de urgência vai tratar do “genocídio” da juventude negra como estratégia de denúncia e proposição de políticas públicas. A proposta é de autoria do deputado petista Zé Roberto. Por fim, o deputado Eli Borges (PROS) obteve aprovação para sua sugestão de audiência sobre a tarifa de água.

Quanto aos requerimentos aprovados sem regime de urgência, a deputada Luana Ribeiro (PDT) pede ao Governo do Estado a celebração de convênio com as prefeituras de Abreulândia, Aguiarnópolis, Ananás, Nazaré, Palmeiras, Pedro Afonso, Rio Sono e Tocantínia para a implantação de coleta seletiva nesses municípios.

Já o parlamentar Jorge Frederico (PSC) solicita informações à Secretaria de Saúde sobre casos de febre amarela no Tocantins. Outro pedido de informação aprovado foi apresentado pelo deputado Paulo Mourão (PT) e pretende apurar junto ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional no Tocantins o estado de conservação da Catedral Nossa Senhora das Mercês em Porto Nacional, além de pedir providências.

O presidente da Assembleia, deputado Mauro Carlesse (PHS), é autor de requerimentos por meio dos quais solicita viaturas e instrumentos de trabalho para a Polícia Civil em Aliança do Tocantins e uma assistência técnica mais ágil aos produtores rurais prestada pela Energisa.

Estudos de viabilidade e providências para o imediato destacamento permanente de policiais militares é o que o deputado Osires Damaso (PSC) requer ao Executivo para o município de Santa Maria.  

Por fim, votos de aplauso são solicitados pelos parlamentares Valderez Castelo Branco (PP) e Vilmar de Oliveira (SD). Eles homenageiam municípios como Cachoeirinha e Araguanã por suas cavalgadas, e outras localidades por seu aniversário, respectivamente. (Glauber Barros)