O presidente da Assembleia, Mauro Carlesse (PHS), recebeu em seu gabinete nesta quarta-feira, 7, a visita do presidente da Associação Comercial e Industrial de Paraíso do Tocantins (Acip), Roberto Cunha Costa Maia. Durante o encontro o representante classista pediu que presidente do Legislativo estadual faça gestão junto ao Governo do Estado no sentido de buscar uma solução para o prédio onde funcionava o hospital regional da cidade.

Localizado na Rua Tocantins esquina com a Rua João de Pádua, região central de Paraíso, o local estaria servindo para aglomeração de vândalos, ponto de prostituição, venda e uso de drogas.

Em ofício entregue ao presidente da Assembleia, Cunha sugere que o Governo reforme o imóvel ou faça a demolição do prédio, que está em ruínas, e que instale ali o complexo de segurança de Paraíso, para que a população tenha acesso, em um único local, a todas as delegacias de polícia.

“Justificamos nossa indicação, pois hoje é sabedor e notório público que o Governo do Estado do Tocantins tem uma enorme despesa com locação de imóvel para acomodar esses órgãos. Se essa demanda de construir esse novo espaço público for atendida [o Estado] economizaria muito”, diz o documento.

Ainda de acordo com o representante classista, os empresários estão dispostos a contribuir com a solução do problema, “em benefício do povo de Paraíso e de todo o Estado”.

Visita

A reunião do presidente da Acip com o chefe do Legislativo estadual é o desdobramento de uma visita feito por Carlesse à cidade de Paraíso na última segunda-feira, 5. Na ocasião, Cunha levou o deputado para conhecer in loco o que ainda resta do prédio do antigo hospital regional da cidade. (Rubens Gonçalves)